Pós-graduandos e pesquisadores divulgam carta pública contra cortes do CNPq

Reprodução: site da UNE

A luta contra o desmonte do setor de Ciências promovido pelo governo Temer, e a defesa da educação pública são algumas das reivindicações da Jornada de Lutas

Neste mês de Agosto, mês do Estudante, um quinto das bolsas de iniciação científica foram cortadas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
“Considerando o contexto orçamentário atual e a indicação para 2017 de redução do orçamento do CNPq para o próximo ano, foi necessária a adequação da concessão de bolsas da Agência ao novo cenário”, informou em nota o CNPq.

Continuar lendo Pós-graduandos e pesquisadores divulgam carta pública contra cortes do CNPq

ADunicamp reforça mobilização contra a PEC do Teto

‘PEC do TETO’ deverá ser votada na próxima semana

A votação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 05/2016, conhecida como “PEC do Teto”, deverá ocorrer na próxima semana, no plenário da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo). A mobilização de todos nós é essencial neste momento! Vamos reforçar as manifestações na assembleia.

Continuar lendo ADunicamp reforça mobilização contra a PEC do Teto

Universidade pra quê? A força e o futuro da UERJ

artigo escrito por Ana Karina Brenner *, Bruno Deusdará **, Guilherme Leite Gonçalves *** e Lia Rocha ***

A universidade moderna nasceu de um projeto destinado a desenvolver as qualidades humanas e a cultura por meio de um programa de formação, que combinava ensino e pesquisa com base no conhecimento científico. Esse projeto, no entanto, tinha um vício de origem: era inacessível às classes populares; servia apenas à reprodução das elites. Sofria, assim, de um mal-estar que, dentre outras, produziu as revoltas estudantis de 1968. A partir desse momento, as políticas universitárias se voltaram para articular formação e inclusão social, conhecimento científico e igualdade.

Continuar lendo Universidade pra quê? A força e o futuro da UERJ

PMs invadem audiência pública na Unifesp sobre direitos humanos nas escolas

Fardados e armados, intimidando e xingando estudantes e professores, policiais e apoiadores formaram maioria para excluir toda referência a direitos humanos do Plano Estadual de Educação

Rede Brasil Atual

São Paulo – Uma audiência pública convocada pelo Conselho Estadual da Condição Humana para discutir o texto do Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos de São Paulo que ocorria no campus Baixada Santista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) foi tomada por policiais militares na noite da última sexta-feira (11).

Continuar lendo PMs invadem audiência pública na Unifesp sobre direitos humanos nas escolas

Nota da diretoria do ANDES-SN contra os cortes das verbas de C&T

Por uma ciência e tecnologia a serviço do povo

O complexo público de Ciência e Tecnologia (C&T) brasileiro está em franco processo de desmonte, a exemplo do que ocorre com as universidades públicas. Isto é expressão da política mais geral do governo ilegítimo de Michel Temer de destruição dos direitos sociais, humanos e trabalhistas. Além das previsões orçamentárias serem muito rebaixadas, seguindo as diretrizes do ajuste fiscal, o governo impõe cortes de verbas que praticamente inviabilizam o funcionamento das instituições federais de ensino superior, dos institutos públicos de pesquisa e agências de fomento e apoio à formação – caso do CNPq e da CAPES.

Continuar lendo Nota da diretoria do ANDES-SN contra os cortes das verbas de C&T

Duas universidades ameaçadas pelo racismo

Foto: Reprodução/Outras Palavras.
Pepe Mujica, em aula magna na Unila. Projeto de deputado do PMDB para extinguir universidade revela: ideia é extirpar pensamento latino-americanista

Por que os conservadores querem destruir a Unila e Unilab, voltadas à integração latinoamericana e com a África Negra. O que isso revela sobre um déficit da esquerda

Por Andréia Moassab e Marcos de Jesus

O fato do discurso do deputado federal Sérgio Souza (PMDB/PR) sobre a extinção da UNILA (Universidade Federal da Integração Latino-americana) ser carregado de racismo, xenofobia e de ódio deveria, no mínimo, servir para que setores de esquerda entendam que a luta contra o capital é indissociável da luta contra o racismo, contra o patriarcado e contra tantas outras formas de dominação e de opressão. É preciso parar com debates teóricos hierarquizantes sobre qual luta é a mais fundamental. Não é casual que as duas universidades sob ameaça de extinção por canetadas de Brasília são propostas resultantes de lutas e reivindicações históricas do povo negro e do povo ameríndio, que os inserem em espaços tradicionalmente reservados às elites brancas brasileiras.

Continuar lendo Duas universidades ameaçadas pelo racismo

“O teto de gastos vai ferir de morte o SUS”

Foto: Reprodução/Carta Capital.
Santos: ‘Tudo para o mercado’ (Foto: Wanezza Soares)

O maior sistema público do planeta corre o risco de não passar dos 30 anos de existência, alerta presidente do Conselho Nacional de Saúde

por Sergio Lirio, Carta Capital

Em 2018, o SUS completa 30 anos. Apesar da falta de recursos, das crises recorrentes, da escassez de profissionais e de problemas de financiamento, o Brasil conseguiu erguer em poucas décadas o maior sistema público de saúde do planeta, feito notável para uma nação que tem dificuldades para desenvolver políticas de longo prazo.

Continuar lendo “O teto de gastos vai ferir de morte o SUS”