ADunicamp lança boletim especial sobre o desmonte do SUS

sus_final_web-212x300

O debate Em Defesa do SUS, realizado pelo movimento SOS Universidade Pública, em agosto passado, no auditório da ADunicamp (Associação de Docentes da Universidade Estadual de Campinas), foi extremamente rico, ao reunir especialistas em torno de um tema de fundamental interesse para a população. Alexandre Padilha, Nelson Rodrigues dos Santos, Ana Fonseca e Pedro Tourinho mostraram dados e apresentaram suas análises sobre os ataques e o desmonte do SUS. Confira abaixo o boletim produzido pela ADunicamp sobre o evento.

Desmonte do SUS vai provocar desastre social

O desmonte do SUS (Sistema Único de Saúde), que está claramente delineado nas ações privatizantes do governo de Michel Temer, se efetivado, vai provocar uma tragédia social de dimensões ainda sequer dimensionadas.

Esse é um dos principais alertas que permeou as intervenções de três especialistas em saúde pública – os professores Nelson Rodrigues dos Santos e Pedro Tourinho, e o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha – e da professora Ana Maria Medeiros Fonseca, especialista em políticas públicas, durante o debate Em Defesa do SUS, ocorrido em agosto no auditório da ADunicamp. O debate foi realizado por iniciativa do movimento SOS Universidade Pública e reuniu mais de 70 professores e alunos da Unicamp.

Além do alto nível das análises e dos relatos sobre a história e os fatos que envolvem o SUS, o debate mostrou a urgência de uma ampla campanha de esclarecimento sobre os efeitos devastadores, para a país, do desmonte da saúde pública, (com a opção pela medicina privada) que se delineia nas propostas do atual governo.

Hoje, o SUS é responsável por quatro bilhões de atendimentos, entre básicos e especializados, mais 500 milhões de exames laboratoriais, 200 milhões de exames radiológicos e onze milhões de internações hospitalares. Além disso, é um dos grandes indutores do desenvolvimento da pesquisa e da ciência e tecnologia no país.

Mesmo precarizado como é hoje, o SUS apresenta números e resultados que surpreendem estudiosos de sistemas públicos de saúde do mundo inteiro. O SUS é um modelo mundial de atendimento em saúde pública.

A ampliação desse debate se tornou ainda mais urgente com a recente aprovação, em primeira votação na Câmara dos Deputados, da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 241. Os graves riscos dessa PEC para o futuro do SUS foram referidos por todos os quatro participantes do encontro.

Tendo isso em vista, a diretoria da ADunicamp, decidiu publicar o presente Boletim Especial, com versão impressa a ser distribuída à comunidade acadêmica, e com versão digital a ser disponibilizada para associações e sindicatos replicarem em seus canais de comunicação. Na medida do possível e da relevância dos temas abordados, tratamento semelhante será dado a outras iniciativas do movimento SOS Universidade Pública, num momento em o que o debate qualificado e engajado faz-se urgente na defesa de direitos básicos hoje sob forte ataque no país.

Confira aqui o boletim na íntegra. O áudio do evento também está disponível pode ser acessado em http://www.adunicamp.org.br/?p=3265

Fonte: ADunicamp – http://www.adunicamp.org.br/?p=3272

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s