O Senado aprova privatização do sistema Eletrobrás e país abre mão da sua soberania energética

FNU

O Senado aprovou a MP 1031/21 que promove a privatização do Sistema Eletrobras. Foram 42 votos a favor e 37 contra. Esse crime de lesa-pátria trará graves consequências para o país, a começar pelo aumento na conta de luz da população, fora as questões do desenvolvimento econômico e social nas regiões Norte e Nordeste que serão prejudicadas em nome do lucro a ser enviado às sedes dos seus futuros controladores.

Continuar lendo O Senado aprova privatização do sistema Eletrobrás e país abre mão da sua soberania energética

Movimento pela Ciência e Tecnologia Pública discute Produção de conhecimento para uma sociedade justa e igualitária em evento virtual, no próximo dia 10

O Movimento pela Ciência e Tecnologia Pública (MCTP) realiza uma série de encontros virtuais dentro da programação de lançamento de seu novo Manifesto. O debate Produção de conhecimento para uma sociedade justa e igualitária, que ocorre no próximo dia 10, discute questões relativas à apropriação privada dos saberes que são produzidos a partir de pesquisas científicas desenvolvidas com recursos públicos. O evento será transmitido ao vivo pelo canal da ADunicamp (Associação dos Docentes da Unicamp) no YouTube, a partir das 19 horas.

Continuar lendo Movimento pela Ciência e Tecnologia Pública discute Produção de conhecimento para uma sociedade justa e igualitária em evento virtual, no próximo dia 10

Cortes no orçamento impediriam universidades federais de retomar as aulas presenciais se a pandemia acabasse hoje

Adusp

As instituições federais de ensino estão sofrendo ataques sem precedentes, avalia Fabio Venturini, presidente da Associação dos Docentes da Universidade Federal de São Paulo (Adunifesp). “O governo Bolsonaro quer fazer terra arrasada. Não quer que o país tenha produção científica, pública ou privada”, diz. Venturini afirma que, mesmo com todos os problemas “de uma aliança dura entre neofascistas e neoliberais, [Bolsonaro] representa um programa amplamente elaborado, com penetração de base social e que foi traduzido para a opinião pública”.

Continuar lendo Cortes no orçamento impediriam universidades federais de retomar as aulas presenciais se a pandemia acabasse hoje

“A quebra de patentes causa pavor porque mexe com privilégios”, afirma pesquisador em live do CNS

CNS

A manutenção de privilégios e a ganância por lucros bilionários são entraves para a quebra de patentes de insumos e vacinas contra a Covid-19. É o que afirmam pesquisadores e especialistas que participaram de live promovida pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS) sobre o tema, na quarta-feira (12/05).

Continuar lendo “A quebra de patentes causa pavor porque mexe com privilégios”, afirma pesquisador em live do CNS

Frente Parlamentar retoma atividades contra desmonte dos institutos de pesquisa, descaso com servidores e avanço da privatização

Adusp

Retomada com uma reunião em formato virtual nesta quinta-feira (13/5) sob a liderança do deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL), a Frente Parlamentar em Defesa das Instituições Públicas de Ensino, Pesquisa e Extensão no Estado de São Paulo concentrou relatos e depoimentos de representantes de vários órgãos que vêm sendo desmontados, nos quais servidora(e)s vivem indefinições e incertezas em relação ao futuro próximo.

Continuar lendo Frente Parlamentar retoma atividades contra desmonte dos institutos de pesquisa, descaso com servidores e avanço da privatização

Novas diretrizes da CAPES ameaçam mais cortes de bolsas nos programas PIBID e Residência Pedagógica. Assine petição online e ajude a pressionar

Adunesp

As condições de permanência de estudantes nas universidades brasileiras estão sob novo ataque do governo federal. Em Ofício Circular DEB/CAPES nº 1/2021, datado de 29/4/2021, são anunciadas novas diretrizes para o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) e o Programa Residência Pedagógica (PRP). Sob a alegação de necessidade de adequação da execução dos programas ao orçamento, a agência impôs restrição à ocupação das cotas ociosas de bolsas destinadas aos licenciandos, que só poderão ser ocupadas por cadastrados no sistema até o dia 10 de maio. Após essa data, caso quem as receba precise sair dos programas, as bolsas estarão cortadas.

Continuar lendo Novas diretrizes da CAPES ameaçam mais cortes de bolsas nos programas PIBID e Residência Pedagógica. Assine petição online e ajude a pressionar

CNPq vai pagar apenas 12,8% das bolsas de pesquisas devido aos cortes orçamentários

ANDES-SN

O Brasil hoje reforça o desmonte da pesquisa científica exatamente numa conjuntura global em que a Covid-19 provou o quão crucial é a ciência para a humanidade. Neste ano, apenas 12,8% de 3.080 projetos de pós-doutorado no país vão receber bolsas de pesquisa científica. Somente 396 pesquisadores e pesquisadoras poderão dar continuidade a seus estudos acadêmicos.

Continuar lendo CNPq vai pagar apenas 12,8% das bolsas de pesquisas devido aos cortes orçamentários

Envolvimento crescente com “empreendedorismo” e “negócios” não desvia a Fapesp de sua vocação?

Adusp

Nas iniciativas da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), como nas ações da USP, o duplo viés inovação&empreendedorismo tem conduzido a equívocos institucionais. A Fapesp surgiu para financiar a pesquisa acadêmica, mas passou a subsidiar desde start-ups até um gigante empresarial como o grupo Cosan, sempre a pretexto de apoiar a inovação. Por outro lado, exemplos recentes indicam que talvez a fundação venha se descuidando de certos limites éticos que deveriam ser preservados. Ou seria correto tratar de “oportunidades trazidas pela Covid-19” a certos empreendimentos empresariais?

Continuar lendo Envolvimento crescente com “empreendedorismo” e “negócios” não desvia a Fapesp de sua vocação?