Universidade pra quê? A força e o futuro da UERJ

artigo escrito por Ana Karina Brenner *, Bruno Deusdará **, Guilherme Leite Gonçalves *** e Lia Rocha ***

A universidade moderna nasceu de um projeto destinado a desenvolver as qualidades humanas e a cultura por meio de um programa de formação, que combinava ensino e pesquisa com base no conhecimento científico. Esse projeto, no entanto, tinha um vício de origem: era inacessível às classes populares; servia apenas à reprodução das elites. Sofria, assim, de um mal-estar que, dentre outras, produziu as revoltas estudantis de 1968. A partir desse momento, as políticas universitárias se voltaram para articular formação e inclusão social, conhecimento científico e igualdade.

Continuar lendo Universidade pra quê? A força e o futuro da UERJ

Nota da diretoria do ANDES-SN contra os cortes das verbas de C&T

Por uma ciência e tecnologia a serviço do povo

O complexo público de Ciência e Tecnologia (C&T) brasileiro está em franco processo de desmonte, a exemplo do que ocorre com as universidades públicas. Isto é expressão da política mais geral do governo ilegítimo de Michel Temer de destruição dos direitos sociais, humanos e trabalhistas. Além das previsões orçamentárias serem muito rebaixadas, seguindo as diretrizes do ajuste fiscal, o governo impõe cortes de verbas que praticamente inviabilizam o funcionamento das instituições federais de ensino superior, dos institutos públicos de pesquisa e agências de fomento e apoio à formação – caso do CNPq e da CAPES.

Continuar lendo Nota da diretoria do ANDES-SN contra os cortes das verbas de C&T

Petroleiros denunciam desmonte da Petrobras

Foto: Reprodução/ site Carta Maior

A mídia naturaliza o desmonte; para termos dimensão do seu impacto, é preciso acompanhar a discussão travada por quem fez e faz a Petrobras: trabalhadores

Tatiana Carlotti*, Carta Maior

Principal fórum dos petroleiros, o XVII Congresso Nacional da Federação Única dos Petroleiros (FUP) começa a partir desta quinta-feira (3 de agosto), em Salvador (Bahia). Na pauta, o desmonte da Petrobras e o impacto da privatização de unidades estratégicas da empresa.

Continuar lendo Petroleiros denunciam desmonte da Petrobras

Carta Aberta em defesa do Instituto Geológico

Servidores do Instituto Geológico divulgam documento no qual denunciam e se mostram contrários à intenção do Governo do Estado de São Paulo em vender o imóvel onde o Instituto está instalado e unificar os institutos de pesquisa vinculados à Secretaria de Meio Ambiente. Confira o documento na íntegra.

Continuar lendo Carta Aberta em defesa do Instituto Geológico

Panfletagem e debate sobre dependência abrem o Seminário do ANDES-SN e MCTP na UFMG

 

Foto: Véronique Hourcade. Mesa de abertura da SBPC Paralela (Gariglio, Rossetto, Kanitz, Macário, Luciana e Arimateia).

O Seminário Universidade e Políticas de C&T: por uma ciência e tecnologia para o povo teve início nesta terça-feira, dia 18 de julho, com uma grande panfletagem pelo campus da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) onde ocorre a reunião anual da SBPC. A atividade marcou o início da proposta de inserir questões fundamentais para discutir, de fato, a ciência que se faz no País e, de maneira em geral, a receptividade ao tema proposto pela SBPC Paralela, uma iniciativa do ANDES-SN em parceria com o MCTP (Movimento pela Ciência e Tecnologia Pública), foi positiva.

Continuar lendo Panfletagem e debate sobre dependência abrem o Seminário do ANDES-SN e MCTP na UFMG

Alerta Social: o que você perdeu nos últimos 365 dias

Foto: Marcelo Casal/ABR. Posse de Temer e seu ‘ministério CCC’, em 12 de maio de 2016, e a Revista do Brasil: democracia sequestrada, país humilhado

Coletivo de pesquisadores, especialistas em direitos humanos, em política agrária, saúde, educação e trabalho reúnem em documento as consequências deste um ano de golpe que levou Temer ao governo

RBA

Há um ano, a presidenta eleita Dilma Rousseff foi afastada do governo. Foi o dia em que o Senado admitiu a abertura do processo de impeachment aprovada semanas antes na Câmara, em 17 de abril. Imediatamente, o vice Michel Temer tomou posse para não mais deixar a cadeira. E com ele um dos ministérios mais ficha-suja da história recente do país. O ministério que Dilma classificou de CCC (canalhas, calhordas e corruptos), com revelará em breve em livro ainda a ser lançada, com a ajuda do jornalista Olímpio Cruz, secretário de comunicação da ex-presidenta até então.

Continuar lendo Alerta Social: o que você perdeu nos últimos 365 dias

Desmonte dos institutos públicos de pesquisa do Estado de São Paulo: denúncia antiga

Recuperamos uma reportagem das jornalistas Michele da Costa e Natalia Guerrero, publicada na Revista Adusp, em setembro de 2006, com o título Institutos Públicos de Pesquisa sob ameaça.

“Pesquisadores pertencentes aos quadros dos institutos públicos estaduais (IPPs) denunciam processo de desmantelamento, provocado pela queda nos orçamentos e baixos salários que resultam em evasão de profissionais. Além disso, a política do Governo estadual para os IPPs inclui dois fatores de privatização: a criação, em 2000, de uma agência, a Apta, voltada para os “agronegócios”, e a apresentação, em 2005, de um projeto da lei paulista de inovação tecnológica”.

Continuar lendo Desmonte dos institutos públicos de pesquisa do Estado de São Paulo: denúncia antiga