Artigo: Alertas quanto à proposta de política de inovação da Unicamp

Por Wagner Romão (professor Instituto de Filosofia e Ciências Humanas – IFCH e presidente da ADunicamp) e Renato Dagnino (professor do Instituto de Geociências – IG)

A reunião do Conselho Universitário do dia 26 de novembro irá examinar (e, eventualmente, aprovar) uma proposta de Política Institucional de Inovação que merece, dado seus potenciais impactos, uma rigorosa avaliação por parte de nossa comunidade. Continuar lendo Artigo: Alertas quanto à proposta de política de inovação da Unicamp

Na universidade, culto ao “empreendedorismo” e à “inovação” esconde interesses privados

É cada vez mais comum, para os membros da comunidade USP, deparar-se com mensagens em sua caixa de e-mail institucional cujos títulos contenham as palavras “empreendedorismo”, “inovação” e, principalmente, “Santander”. No mês de maio, por exemplo, a Agência USP de Inovação (Auspin), autora destes e-mails, convidou todos para as diversas palestras sobre internet of things, design thinking, blockchain e fintechs que compunham a “Semana IBM”.

Continuar lendo Na universidade, culto ao “empreendedorismo” e à “inovação” esconde interesses privados

Artigo: Ciência e Tecnologia públicas sob a lógica do mercado

Wagner Romão*

Está em plena vigência a Emenda Constitucional 95/2016, que implementa o congelamento dos gastos públicos no nível federal para os próximos vinte anos. Diversos estados da federação têm também implementado suas políticas de ajuste fiscal, sobretudo na renegociação de suas dívidas com a União. Em São Paulo, foi aprovada a lei 16.625/2017 que congelou os investimentos nos próximos dois anos.

Continuar lendo Artigo: Ciência e Tecnologia públicas sob a lógica do mercado

A Lei 13.243, de 11 de janeiro de 2016, Novo Marco Ilegal e Imoral da Ciência, Tecnologia e Inovação

Artigo de Carlos Jorge Rossetto, resultado de sua participação no XIII Seminário Internacional  Nanotecnologia, Sociedade e Meio Ambiente (Seminanosoma) e publicado no livro A governança dos riscos socioambientais da nanotecnologia e o Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Continuar lendo A Lei 13.243, de 11 de janeiro de 2016, Novo Marco Ilegal e Imoral da Ciência, Tecnologia e Inovação

Pesquisadores debatem impacto do novo marco legal de ciência e tecnologia no Estado

Foto: Roberto Navarro

A lei paulista de inovação foi tema da reunião, proposta como uma atividade conjunta da Frente Parlamentar em Defesas das Universidades Públicas no Estado de São Paulo,​ da​ Frente Parlamentar em Defesa dos Institutos de Pesquisa e Fundações Públicas e da Comissão de Ciência, ​Tecnologia, Inovação​ e Informação​, realizada nesta quinta-feira​ (16/03)​ na Assembleia Legislativa.

O evento, além de discutir as adequações feitas na legislação estadual adaptada ao marco nacional de ciência e tecnologia (Lei Federal nº 13.246/2016), teve a finalidade de debater a situação da lei que vigorará no Estado de São Paulo e como as possíveis alterações afetarão tanto a organização do sistema estadual de ciência, tecnologia e inovação quanto a relação com os institutos de pesquisa e universidades.

Continuar lendo Pesquisadores debatem impacto do novo marco legal de ciência e tecnologia no Estado

Análise sobre a redução de recurso para C&T

Por Renato Dagnino

Está em curso desde 2014 uma diminuição do recurso para C&T. Ela foi acelerada brutalmente em 2016 por uma coalizão política que representa forças que, entre tantas outras, não concordam com a política de C&T que vinha sendo implementada. Entre outras diatribes, ela associou, aproveitando o que pensa o senso comum, ciência e tecnologia a comunicações. Entre outras diatribes, ela associou, aproveitando o que pensa o senso comum, ciência e tecnologia a comunicações.

Continuar lendo Análise sobre a redução de recurso para C&T

Seminário de C&T do ANDES-SN discute mercantilização da produção do conhecimento

Foto: Luiz Henrique Schuch
Foto: Luiz Henrique Schuch

O ANDES-SN realizou, nos dias 1 e 2 de dezembro, o II Seminário de Ciência e Tecnologia, com o tema “Desenvolvimento, Universidade e Política de C&T”. O evento – organizado pelo Grupo de Trabalho de Ciência e Tecnologia (GTC&T) do Sindicato Nacional -, foi realizado na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e contou com a participação de docentes de diversas seções sindicais e representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Federais na Área da Ciência e Tecnologia do Setor Aeroespacial (Sindct) e do Movimento pela Ciência e Tecnologia Pública (MCTP).

Continuar lendo Seminário de C&T do ANDES-SN discute mercantilização da produção do conhecimento