Petrobras incentiva importação de equipamentos e prejudica indústria nacional

Reprodução do site RBA

Política do presidente da estatal, o tucano Pedro Parente, tem sido perniciosa para indústria e conteúdo local, para o consumidor, que paga mais caro por derivados de petróleo, e as refinarias do país

por Eduardo Maretti, da RBA

A Petrobras anunciou na sexta-feira (18) a renovação do Repetro, regime aduaneiro para importação e exportação de bens para a indústria de petróleo que tinha vencimento previsto para 2019. O Repetro é um mecanismo criado no final da década de 1990 com o objetivo de dar isenção fiscal para incentivar a incorporação de algumas tecnologias que o Brasil não possuía, segundo a Federação Única dos Petroleiros (FUP). O regime foi renovado até 2040.

Continuar lendo Petrobras incentiva importação de equipamentos e prejudica indústria nacional

Anúncios

Petroleiros denunciam desmonte da Petrobras

Foto: Reprodução/ site Carta Maior

A mídia naturaliza o desmonte; para termos dimensão do seu impacto, é preciso acompanhar a discussão travada por quem fez e faz a Petrobras: trabalhadores

Tatiana Carlotti*, Carta Maior

Principal fórum dos petroleiros, o XVII Congresso Nacional da Federação Única dos Petroleiros (FUP) começa a partir desta quinta-feira (3 de agosto), em Salvador (Bahia). Na pauta, o desmonte da Petrobras e o impacto da privatização de unidades estratégicas da empresa.

Continuar lendo Petroleiros denunciam desmonte da Petrobras

Engenheiros contestam o desmonte da Petrobrás

 

Reprodução/ Brasil247
Reprodução/ Brasil247

Em carta aberta à sociedade brasileira, a Associação dos Engenheiros da Petrobras (AEPET) critica o projeto de privatização que vem sendo colocado em marcha por Pedro Parente e pode alienar um terço do patrimônio da estatal; “A venda de ativos rentáveis compromete o fluxo de caixa futuro, entrega o mercado nacional aos competidores privados ou intermediários, fragiliza o desenvolvimento tecnológico soberano, transfere a propriedade de riquezas naturais finitas e estratégicas”, diz o texto; “A corrupção precisa ser combatida com o fortalecimento institucional da companhia e não pode ser utilizada como pretexto para a entrega do patrimônio público a outros interesses privados”; leia a íntegra

Continuar lendo Engenheiros contestam o desmonte da Petrobrás