Pesquisa sofre com desmonte de Temer, e orçamento tem queda histórica

Foto: Fritz Nunes/SEDUFSM.
Epitácio: produção científica deve ser feita em benefício do Brasil, o que é difícil no atual momento do país.

Diretor do Andes, Epitácio Macário conta que verba destinada para o setor caiu a menos da metade do que era em 2010. “Estamos regredindo a um patamar inferior ao que era nos anos 90”, afirma

Rede Brasil Atual

São Paulo – De acordo com o diretor do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes) Epitácio Macário, a pesquisa nacional sofre com problemas orçamentários e o desmonte do setor traz um “prejuízo incalculável” para a população. Em entrevista à Rádio Brasil Atual, Epitácio diz que o Brasil está regredindo décadas.

Continuar lendo Pesquisa sofre com desmonte de Temer, e orçamento tem queda histórica

Anúncios

NETES e MCTP realizam debate em São José dos Campos, no dia 18

Ciência e Tecnologia Pública: em risco de extinção discute a importância da produção de conhecimento de caráter público, bem como seu compartilhamento, acesso e uso, e os ataques que as instituições públicas de ensino e pesquisa vêm sofrendo e que colocam em risco justamente esse caráter social da Ciência e Tecnologia. O evento acontece no dia 18 de abril, no auditório do Instituto de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal de São Paulo (ICT/Unifesp), unidade Parque Tecnológico, em São José dos Campos.

Continuar lendo NETES e MCTP realizam debate em São José dos Campos, no dia 18

Se é público, é para todos. Golpe faz de direitos, mercadorias

Reprodução Rede Brasil Atual - Foto: Marcelo  Camargo/Agência Brasil. Quando o ministro da Fazenda diz que a Constituição não cabe no orçamento do governo, diz que direitos não serão atendidos
Reprodução Rede Brasil Atual – Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil. Quando o ministro da Fazenda diz que a Constituição não cabe no orçamento do governo, diz que direitos não serão atendidos

Emir Sader – Rede Brasil Atual

Com esse lema, a Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), com outras entidades sindicais, começou a desenvolver, em todo o país, uma campanha que toca em cheio no tema central do Brasil hoje. A campanha foi lançada em junho, e adotada pelo Comitês de Defesa das Empresas Públicas antes do golpe consumado, mas o governo que surgiu deste reatualiza, de forma dramática, a temática de tudo o que é público no Brasil, alvo central da ofensiva do governo Temer.

Continuar lendo Se é público, é para todos. Golpe faz de direitos, mercadorias