Segunda edição do jornal EXPRESSO aborda a memória operária na Vila Industrial de Campinas

Patrimônio. A Vila Industrial e sua história operária

Uma série de ações e eventos, iniciados neste mês de outubro, propõe a abertura de um amplo debate sobre a memória e o patrimônio histórico deixado pelos operários e operárias que construíram a Vila Industrial de Campinas e nela habitaram desde a sua implantação, no final do século 19.As ações fazem parte do programa CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo) na Cidade e foram iniciadas no dia 19, com um abraço simbólico no Estádio da Mogiana, prosseguiram com uma série de debates, palestras e apresentações realizados entre os dias 19 e 31, na Igreja São José, na Metrocamp e em outros espaços da Vila (veja mais em: http://www.causp.gov.br). A partir destes eventos, o CAU pretende ampliar o debate sobre a criação de políticas de preservação da Vila Industrial, o único patrimônio histórico contínuo de Campinas. Esse é o tema desta segunda edição do EXPRESSO, que conta com o apoio das seguintes entidades: ADunicamp, Sinpaf – SSCJ, STSPMP, Sindipetro Unificado-SP, SASP, Movimento pela Ciência e Tecnologia Pública e Carta Campinas.

Acesse aqui a edição do jornal EXPRESSO, na íntegra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s