Ciência aberta, questões abertas

“Este livro reúne contribuições de pesquisadores de diferentes áreas e países, incluindo o Brasil, com significativa atuação e reflexão no campo da ciência aberta e colaborativa.

O tema da ciência aberta ganha espaço não apenas nos ambientes institucionais de ciência, tecnologia e inovação, como também em outros contextos até então à parte dessas atividades, mobilizando outros grupos sociais como interlocutores das práticas científicas. As transformações nas relações entre ciência, tecnologia e sociedade daí decorrentes integram, por sua vez, novas dinâmicas de produção e circulação do conhecimento, da informação e da cultura, bem como o novo papel que essas dinâmicas desempenham nos processos contemporâneos de participação e mudança social.

Espera-se que esta publicação contribua para apresentar um panorama de temas e questões que hoje permeiam e delineiam a temática da ciência aberta, a partir de perspectivas e pontos de vista diversos; e, sobretudo, para instigar novas reflexões e provocar novas aberturas nas formas de produzir e circular conhecimento. Ela se dirige, assim, não apenas ao universo acadêmico, mas também a um espectro mais amplo de atores sociais que se preocupam com a democratização do conhecimento e da informação” (trecho da Apresentação do livro).

Clique na imagem para acessar o livro.

 

Anúncios

A governança dos riscos socioambientais da nanotecnologia e o Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação

Acaba de ser lançado o livro que resultou do XIII Seminanosoma, evento que discutiu a governança dos riscos socioambientais da nanotecnologia e o Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação, em outubro do ano passado.

Continuar lendo A governança dos riscos socioambientais da nanotecnologia e o Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação