O ataque à iniciação científica na pesquisa básicas, humanidades, artes e às ciências sociais

O edital do Programa Institucional de Iniciação Científica (PIBIC), do CNPq veio com uma novidade neste ano: os projetos de iniciação científica deverão se enquadrar em Áreas de Tecnologias Prioritárias determinadas pela Portaria n. 1122 de 19 de março de 2020. Continuar lendo O ataque à iniciação científica na pesquisa básicas, humanidades, artes e às ciências sociais

Autonomia existe para universidade combater a barbárie

Ministro da Educação promete usar orçamento para retaliar instituições federais que suspenderam aulas. Na vida real, Weintraub não toma medidas para viabilizar o ensino durante a pandemia

Por Fabio Venturini, Presidente da Associação dos Docentes da Unifesp

No Twitter, Diário Oficial de fato de um governo apedeuta, Abraham Weintraub afirmou no dia 18 de abril que parte das instituições federais de ensino superior não têm aulas na graduação por culpa da autonomia universitária. Entre “joio e trigo”, se ele pudesse impor, estaria tudo funcionando pela internet. O ministro prometeu, no entanto, usar critérios arbitrados pelas vozes da sua cabeça na liberação de verbas para as instituições que mantiveram todas as atividades, incluindo aulas online. Continuar lendo Autonomia existe para universidade combater a barbárie

Covid-19, dívida pública e a crise de financiamento de ciência e tecnologia no Brasil

Por Epitácio Macário* e Luiz Fernando Reis**

1. Subfinanciamento de C&T como parte da crise sistêmica
Na edição do dia 30 de março de 2020, o programa Roda Viva, da Rede Cultura de Televisão, entrevistou o biólogo Átila Iamarino. Dentre outros importantes esclarecimentos sobre a pandemia causada pelo novo coronavírus (SARS-Cov-2), o estudioso registrou a crise de financiamento da ciência e tecnologia (C&T) no Brasil que, na sua opinião, vem de três governos. A gravidade da crise foi ilustrada no corte de bolsas de pesquisadores que, hoje, se envolvem na busca de solução para a pandemia. Continuar lendo Covid-19, dívida pública e a crise de financiamento de ciência e tecnologia no Brasil

Combate ao coronavírus deve ter o SUS como estratégia para obter êxito

Excelência do Sistema e sua abrangência são reconhecidas mundialmente e constituem armas fundamentais contra o vírus; sociedade deve se unir por mais investimentos em saúde e pela derrubada da EC 95

por Maria Aparecida Faria

Reprodução: site CUT/SP

Os cidadãos e os governos estão em alerta máximo por conta dos casos de contaminação pelo coronavírus, o COVID 19, que se espalha como um rastilho de pólvora na forma inicial de uma epidemia atingindo populações de todas as regiões do planeta. O mundo sabe que estamos caminhando a passos largos para uma pandemia e que precisamos vencer o vírus. No Brasil, o coronavírus já se faz presente com a confirmação de casos e centenas de notificações aguardando o resultado de exames em vários Estados. O sinal de alerta que tocou aqui levou as autoridades a iniciarem um complexo processo de reflexão sobre como combater o vírus num país com a nossa dimensão territorial e num planeta globalizado. Há um consenso em vários setores que o SUS – Sistema Único de Saúde é a nossa luz no fim do túnel. Continuar lendo Combate ao coronavírus deve ter o SUS como estratégia para obter êxito

Coronavírus: não existe segurança sem acesso universal à saúde

Por Deisy Ventura*

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou ontem, 30 de janeiro, que o coronavírus é uma emergência internacional de saúde pública, com base no Regulamento Sanitário Internacional vigente em 196 países desde 2007. A declaração produz efeitos positivos, como o de chamar a atenção dos governos para um tema de saúde, incentivar o compartilhamento de informações, inclusive científicas, e encorajar investimentos em pesquisa. Mas também pode produzir efeitos negativos como o pânico, a inversão de prioridades em saúde pública e a profusão de notícias falsas. Pode, sobretudo, criar a equivocada impressão de que o coronavírus é atualmente a maior ameaça à saúde pública mundial, quando ele é não mais do que a ponta de um descomunal iceberg. Continuar lendo Coronavírus: não existe segurança sem acesso universal à saúde

Artigo: Alertas quanto à proposta de política de inovação da Unicamp

Por Wagner Romão (professor Instituto de Filosofia e Ciências Humanas – IFCH e presidente da ADunicamp) e Renato Dagnino (professor do Instituto de Geociências – IG)

A reunião do Conselho Universitário do dia 26 de novembro irá examinar (e, eventualmente, aprovar) uma proposta de Política Institucional de Inovação que merece, dado seus potenciais impactos, uma rigorosa avaliação por parte de nossa comunidade. Continuar lendo Artigo: Alertas quanto à proposta de política de inovação da Unicamp

Periódicos de Medicina Tropical/Doenças Infecciosas e Parasitárias alinham-se às práticas editoriais da ciência aberta

SciELO em Perspectiva

Por Adeilton Alves Brandão, Benedito Barraviera e Dalmo Correia

Premida pela necessidade de facilitar o acesso aos artigos publicados e disseminar amplamente os avanços científicos a todos os interessados, a comunidade científica internacional promoveu, a partir da última década do século 20, várias iniciativas que resultaram em mudanças tanto na forma como os periódicos científicos publicam os seus artigos, quanto na estrutura e na organização do meio editorial científico. Estas iniciativas igualmente explicitaram a urgência de se implementar práticas que resultem em mais transparência nos processos editoriais, com impacto direto na denominada “certificação” da qualidade dos manuscritos científicos por meio da avaliação por pares. Continuar lendo Periódicos de Medicina Tropical/Doenças Infecciosas e Parasitárias alinham-se às práticas editoriais da ciência aberta